O silêncio é de covardes,

de pessoas débiles,

por medo a perder a sua força

a dezirem a verdade.

Calam, essa é a sua única arma,

o controlo,

o domínio,

puxar às suas vítimas

até um canto,

sem vozes que as possam guiar

e encontrar uma saída.

O silêncio atrapa,

magoa,

desgasta,

anula.

Mas esses covardes,

não reparam que é no silêncio

onde as suas presas tornam mais fortes

por nunca terem sido covardes

e nunca terem tido medo à verdade.

 

 

Anuncios