Perdida,

entre um monte de caminhos,

das várias opções

neste océano de possivilidades,

sem relógios a marcar o norte,

sem noção de em qual dos caminhos pegar,

por medo a errar,

ou a ficar ainda mais perdida

e nunca mais conseguir voltar,

a me encontrar,

a te encontrar,

nalgum ponto desse caminho

que já não é nosso,

mas poderia ser,

de nos encontrar.

Anuncios