Pequena,

como se for folha de outono no chão,

abandonada por um vento demasiado forte

para um ser de debilidade vulnerável.

Uma folha a tremer no frío da noite,

no cando dum parque de árvores

que se olham a me darem as costas,

coma se eu nunca tiver formado parte.

 

Anuncios