Com o passar dos dias
não posso evitar pensar naquele olhar…
Fronte a fronte,
assegurando na minha mão
e eu perdida no rir daquela miúda engraçada
e nas luzes da noite,
até encontrar-te à minha beira,
com os teus olhos a percorrer
cada centímetro das minhas pupilas.
E então senti que o coração parava,
que me faltava ar para poder falar-te
e lembrar-te do muito que te quero.
A intensidade desse mesmo olhar
com o que me pediste pra namorar contigo
ou com o que me recebes quando volto dalguma mensagem.

Mas o que em verdade só me conseguiu paralisar
foi aquele teu abraço,
e os sinais de amor desde o outro lado do espelho
quando não conseguia ver a traves da janela
por causa das lágrimas.

Lágrimas de emoção, de amor, de felicidade,
mas também de melancolia,
por não sempre lembrar o muito que deveria valorizar
cada novo abraço ou cada novo olhar de amor.

Anuncios