Etiquetas

, , , , ,

“O amor não é um encontro romântico entre dois amantes. (…) o amor é como a união entre dois seres cuja força reunida permite a um deles, ou a ambos, a entrada em comunicação com o mundo da alma e a participação no destino como uma dança com a vida e a morte”.

Mulheres que correm com os lobos. Mitos e histórias do arquétipo da mulher selvagem, Clarissa Pinkola Estés


Fagamos un dueto xuntos,

sexamos compositores do noso propio tango,

as nosas pernas crúzanse e tornan a se separar de novo

nese frenesí de movementos espontáneos,

coma se fósemos parella de baile antes.

O meu corazón vai ao compás

deses nosos pasos que se aceleran

e arrastrámonos polo piso cuberto de sabas brancas,

camiñando polas enrugas

para atoparnos de novo

e nadar da man,

beber dos nosos océanos

nesa cicloxénese explosiva de tsunamis,

de ondas que baten contra os nosos corpos

e se funden na nosa aperta.

 

Sou a loba

que nasceu da túa meia lua. 

Anuncios