Etiquetas

, , ,

“O amor não é um encontro romântico entre dois amantes. (…) o amor é como a união entre dois seres cuja força reunida permite a um deles, ou a ambos, a entrada em comunicação com o mundo da alma e a participação no destino como uma dança com a vida e a morte”.

Mulheres que correm com os lobos. Mitos e histórias do arquétipo da mulher selvagem, Clarissa Pinkola Estés


Exploradora no mapa dese teu deserto

de liñas rectas e curvas

que nacen nas túas costelas

e trepan ate cóvados que fan de berce

no que deixo impreso o bico dos meus dentes.

Bebo as pingas de suor invisible

que caen en cascada desde o teu pescozo,

notas as miñas mans quentes?

Sou a loba

que nasceu da túa meia lua. 

Anuncios